GeralGossip

Adelaide Ferreira abandona Carnaval da Lamarosa por causa de miúdos mascarados de polícias

A cantora Adelaide Ferreira abandonou o desfile de Carnaval de Lamarosa, Coruche, na tarde de domingo, porque alegadamente não gostou que no carro alegórico onde ia desfilar como rainha estivessem duas crianças mascaradas de polícias com pistolas de água.

 [wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

Jerónimo Gonçalves, que contratou a artista, conta que o corso estava para arrancar quando a artista que recentemente teve problemas com a justiça brasileira, saltou para o chão dizendo que estavam a gozar com ela e meteu-se no seu carro abandonado a localidade.

O desfile acabou por se fazer com outra rainha arranjada à pressa, uma cantora local de 15 anos, Ana Rita. Jerónimo Gonçalves disse a O MIRANTE que até ao início do desfile tudo tinha corrido bem, que a cantora tinha almoçado, tirou fotografias com várias pessoas e deu uma entrevista para uma rádio.

Adelaide Ferreira já estava também contratada para actuar com banda nas festas anuais da Lamarosa, em 7 de Setembro, mas Jerónimo Gonçalves diz que já não vai contar com a artista no espectáculo.

Adelaide Ferreira apesar de ser Carnaval não gostou da brincadeira talvez por causa dos problemas que teve no Brasil por alegadamente ter encoberto o aborto da filha de 15 anos no país.

Segundo o JN na edição online de 23 de Janeiro, Adelaide Ferreira foi interrogada pela Polícia Judiciária de Mato Grosso e arrisca uma pena de quatro anos de prisão no Brasil. “A sua filha deu entrada, a 4 de Janeiro, com hemorragias, no hospital, após ter ingerido quatro comprimidos de um medicamento abortivo comprado pela Internet”, refere o jornal que acrescenta que a cantora tinha afirmado que desconhecia a gravidez da filha.

[wp_bannerize group=”Geral2″ random=”1″ limit=”1″]

Fonte: omirante.pt

Artigos Relacionados

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo