Big BrotherBig Brother FamososTVI

BB Famosos. Catarina Siqueira revela luta contra a ansiedade: “É um tormento viver assim”

Os concorrentes do Big Brother Famosos foram desafiados esta tarde a partilharem uma história do outro lado da fama.

Quando chegou a sua vez de falar, Catarina Siqueira começou por dizer: “Há muitos anos, eu perdi uma pessoa muito importante na minha vida e essa perda fez com que eu me transformasse, em certas situações, numa pessoa que eu nunca pensei que pudesse vir a ser e a sentir coisas que eu nunca pensei que pudesse sentir”.

Sou atriz, como todos sabem, chamem-lhe falta de humildade ou o que quiserem, mas sinto que, ao longo dos anos, talvez fosse merecedora de mais oportunidades do que aquilo que tive até hoje”, lamentou. “E não tenho problema algum em dizer isto. Pelo meu empenho, pelo talento que eu acho que me reconheço…”, atirou.

E essa perda que eu tive há uns anos, aliado à falta de trabalho que eu fui tendo também, porque penei – sem problema nenhum do peso da palavra – à séria, gerou aquilo que hoje em dia é o meu maior tormento, nem lhe chamo pesadelo, chamo-lhe tormento – e isto é muito importante cada vez mais falar-se nisto. Eu sofro de ataques de pânico, tenho crises de ansiedade constantes”, revelou.

Eu sinto que estou cada vez mais perto deste meu tormento acabar e que luto todos os dias para que assim seja, mas infelizmente é uma sensação que me acompanha todos os dias. Eu chego ao ponto de não saber o que é que é viver um dia plenamente feliz, no sentido de se  eu estou demasiado bem, é porque alguma coisa está para acontecer. Eu não diria ipsis verbis que tenho medo da felicidade, mas talvez me custe aceitar que se pode pura e simplesmente estar bem porque há muitos anos que a minha cabeça não me deixa estar bem”, prosseguiu.

Em setembro de 2020, eu tive uma das maiores provas de fogo da minha vida, resolvi atirar-me de cabeça para um projeto que seria completamente impensável, no qual entrei como atriz, fui cabeça de produção, estreou-se no meio de uma pandemia, foi um sucesso, graças a Deus, mas no que toca à minha prestação, eu partilhei com o meu encenador que é meu amigo hoje em dia que é o Miguel Thiré, esta assombração, esta nuvem preta que eu tenho em cima de mim há muitos anos e de todas as vezes que eu acabava um espetáculo, eu conversava com ele e dizia: ‘Não passa nada, Catarina, tu és incrível e ninguém se apercebe de absolutamente nada’…”, contou.

No entanto, a atriz teve “uma crise de ansiedade por outras questões” durante esse projeto: “nós nunca sabemos bem de onde é que vem. E o maior susto é esse mesmo, é que acontece do nada, do nada parece que a pessoa se está a ir embora, começa a ouvir as pessoas ao longe, parece que está a ficar debaixo de água, o coração começa a bater com toda a velocidade do mundo, achamos que vamos morrer a toda a hora, que vai acontecer alguma coisa e não se controla”.

A partir daí, a concorrente criou “essa memória” e condicionou o seu trabalho e o seu estado de espírito: “Eu estava só a pensar quando é que eu tinha que tomar o meu SOS para que fizesse efeito para eu ter tempo de estar bem para não pensar naquilo. E isso é um tormento uma pessoa viver assim, viver com medo do que é que pode acontecer”. Vê aquiaqui os vídeos.

Leia Também: BB Famosos. Mário Jardel recorda: “tive uma overdose e fiquei 7 dias acordado usando cocaína”

Leia Também: BB Famosos. Jorge Guerreiro revela período “bastante doloroso”: “Foi um autêntico pesadelo”

Leia Também: BB Famosos. Leandro recorda momento complicado: “não sei se estavam ali pela minha música ou por pena de mim”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo