Gossip

Ex-marido da ‘Pipoca Mais Doce’ quebra o silêncio sobre o divórcio em entrevista

Ricardo Martins Pereira concedeu uma entrevista exclusiva ao programa de Júlia Pinheiro na SIC.

O influenciador digital recordou que conheceu Ana Garcia Martins em 2008 através de uma amiga em comum, em plena noite de Santos Populares, em Lisboa. Ele nem sequer conhecia o blog ‘A Pipoca Mais Doce’.

A aproximação entre os dois aconteceu quando ele a convidou para escrever num jornal onde trabalhava e começaram a namorar. “Uma pessoa fascinante, divertida, de sarcasmo único. É fácil apaixonar-se por ela“, disse.

No entanto, a comentadora do Big Brother foi acusada de ser “egoísta” e que Ricardo sacrificou-se muitas vezes por ela. Com dois filhos, tiveram a primeira rutura no casamento, em 2016: “A razão é o desgaste natural que se junta com a tal falsa compatibilidade de feitios que me levava a anular muito“, explicou.

Houve espaço para uma reconciliação, mas o divórcio já está consumado. “Para mim sempre defini uma linha muito clara e eu cumpri sempre com isto que, para mim, sou eu que traço a linha ali entre o que é intimidade e o que não é… Aquilo que é intímo nunca foi exposto e acho que a Ana, durante muito tempo, também cumpriu com isso. A nossa rutura não é isso, acho que comigo foi sempre assim: eu nunca falei sobre a separação, eu nunca disse que estava separado sequer, porque acho que não temos que o fazer“, argumentou.

As pessoas não têm noção, ela é uma superestrela e não pode falar de um momento importante da vida ou da carreira dela em que eu não estivesse ao lado dela sempre… em toda a carreira eu estou lá. Ao contrário se calhar não aconteceu a mesma coisa“, destacou.

Sobre o processo de divórcio debaixo dos holofotes, Ricardo Martins Pereira atirou: “Acho que tive uma postura absolutamente discreta em relação a tudo… Mas estar calado prejudica-me imenso“.

Leia Também: Maria Vieira ao ataque! “Já é mais do que tempo de privatizar a RTP”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo