Cristiano RonaldoFamososGossip

Judite Sousa apoia Cristiano Ronaldo e critica redes sociais: “Merece o respeito dos portugueses”

A jornalista mostrou-se solidária com o craque português.

Cristiano Ronaldo está a viver um período de luto após a morte de um dos filhos gémeos durante o parto.

No comunicado lançado na segunda-feira pelo craque português, podemos ler: “É com a mais profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso bebé. É a maior dor que quaisquer pais podem sentir.”

Leia Também: Taróloga portuguesa previu (em 2019) drama de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez

Esta quarta-feira, 20 de abril, o jogador foi fotografado no regresso aos treinos do Manchester United e a imagem foi divulgada pelo tablóide The Sun (vê aqui).

Judite Sousa, conceituada jornalista portuguesa e que também perdeu um filho em 2014, mostrou-se solidária com o craque: “A uma certa distância de Portugal soube da maledicência de que foi alvo o Cristiano Ronaldo e a sua mulher Georgina. Ronaldo merece o respeito dos Portugueses. Pelo seu talento, pelas suas conquistas, pelas alegrias que tem dado aos Portugueses. Alguns, porém, não o honraram num dos momentos porventura mais difíceis da sua existência“.

Deixo-lhe as mesmas palavras de conforto que recebi dele quando me abriu as portas da sua casa e a toda a equipa da TVI, em Madrid. Não precisava de o ter feito. Podia ter dado a entrevista num hotel. Não foi o caso. Esta fotografia tem 7 anos. Muito provavelmente este momento não irá repetir-se. A renovação de oportunidades impõe-se. Assim o entendo“, recordou.

No entanto, a questão das figuras públicas versus redes sociais convoca-me a deixar o meu pensamento. O escritor Italiano Umberto Eco escreveu que as redes sociais são “estradas da morte”. É uma metáfora, mas suscita uma análise ponderada. De facto, as redes sociais tornaram-se corredores de maldade, intriga, voyeurismo mediático e inveja. Inveja é precisamente a última palavra de Camões nos Lusíadas. Para infelicidade de nós, enquanto povo e nação. Em alguns casos, não em todos… as figuras públicas que têm uma dimensão “flat” o que significa plana, circulam nas redes de uma forma normal. Nem tão pouco despertam a atenção dos “ onlines”. Nem dos comediantes“, acrescentou.

Pela minha parte, gosto de partilhar as minhas vivências pessoais (em certos limites) e as experiências profissionais que me têm sido proporcionadas. Há riscos? Claro que sim, mas há fases da vida que nos permitimos fazer o que entendemos, o que nos apetece, em circunstâncias de total liberdade a vários níveis. É a vida tal como ela é“, rematou.

Leia Também: LUTO! Georgina Rodríguez abalada: “não está em condições de falar com ninguém”

Autor

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo