FamososGossip

Jurado do ‘All Together Now’, Mário de Carvalho, foi vítima de abusos sexuais aos 12 anos

Mário de Carvalho, jurado do ‘All Together Now’,esteve no ‘Dois às 10’ de hoje, 17 de maio, na TVI.

O profissional da moda conta que os abusos ocorreram quando tinha apenas 12 anos, e que foi alvo de chantagem e manipulação. O agressor fazia-se passar por um amigo da família, uma mentira que só descobriu anos mais tarde e que intensificou o sentimento de culpa.

“Aquela pessoa dizia-se conhecida da minha família e para não fazer mal à minha família, eu tinha de sujeitar-me àquilo”, contou.

“Depois cheguei a tribunal, na primeira altura em que me cruzei com essa pessoa, e a minha mãe diz-me: ‘filho, nós não o conhecemos’”.

“Foi a única vez durante este processo que eu senti que o mundo tinha caído, porque submeti-me sete vezes àquilo para proteger a minha família quando percebo que não protegi ninguém”, acrescentou ainda.

O jurado contou ainda que este processo foi bastante complicado para o próprio e para a mãe:

“Foi verdadeiramente traumático tanto para mim como para a minha mãe ao ponto de numa das segundas ou terceira entrevistas que tive com a inspetora ao lado da minha mãe, de mãos dadas com ela, perguntaram-me: ‘Tu és homossexual, então foste tu que quiseste que isso acontecesse’. A minha mãe ouviu isto. Eu ouvi isto. Tinha 14 anos já nesta altura… O meu sonho maior era ser um Tokio Hotel, não era que nada disto me tivesse acontecido”.

Isto trouxe ao profissional da moda problemas com a saúde mental, Mário revelou:

“Há coisas com as quais vou ter de viver para o resto da vida. Aos 21 anos diagnosticaram-me stress pós-traumático, depois patologia de pânico, depois dor crónica. Vivo com dores todos os dias por causa disto, a minha memória sobre este assunto é diária”.

Depois de dar voz ao seu testemunho, contou ainda que colabora com a associação Quebrar o Silêncio, que ajuda vítimas de abusos sexuais a nível psicológico e a proceder judicialmente contra os agressores.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Dois às 10 (@doisas10tvi)

Leia também: Tony Carreira “estou à procura de alguma fé, da fé que me resta”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo