Casados à Primeira Vista

Liliana sai em defesa das mulheres do ‘Casados à Primeira Vista’

Na manhã desta segunda-feira, dia 25 de Novembro, Liliana Oliveira fez um longo desabafo nas redes sociais, sobre as criticas que as mulheres desta edição do ‘Casados À Primeira Vista’ estão a ser alvo.


Liliana, foi durante semanas uma das concorrentes mais criticadas do programa, e na semana passada acabou mesmo por ser surpreendida com a decisão do ex-companheiro, Pedro Pé Curto, em abandonar a experiência social.

Após Anabela abandonar o programa, e ser muito criticada nas redes sociais, Liliana – que vai regressar ao programa – decidiu deixar um longo texto a criticar todos aqueles que criticam as mulheres desta edição.

Fica com o texto na integra de Liliana Oliveira:

“Vamos pensar um pouco sobre isto.
Toda a gente critica as mulheres desta edição, aponta o dedo e ofende em praça pública e será que têm esse direito?
Bem liberdade de expressão todos temos mas, falta de respeito, ofensas e calúnia é bem diferente.
Todo o ser humano tem uma perspectiva diferente sob o mesmo assunto e apesar de ser dito da mesma forma pode ser interpretado de maneiras diferentes e isso não quer dizer que um tem razão e o outro não.
Pensemos fora da caixa.
Mulheres independentes, de personalidade forte, com carácter, que têm bem presente e definido o que querem e não querem nas suas vidas não faz delas pessoas doentes da cabeça ou malucas.
Mulheres que se afirmam e não têm medo de ser julgadas pelos outros têm que se calar?


Afinal nós mulheres continuamos a ter que viver no silêncio e na submissão da vontade de terceiros?
Será que a igualdade do género por tantos apregoado afinal não passa de palavras ditas em vão?
Será que todas estas pessoas que tanto julgam têm assim vidas tão maravilhosas e sem problemas que lhes permite serem tão intransigentes nas críticas?
Ninguém é melhor que ninguém nesta vida e nesta grupo de mulheres nunca ninguém faltou ao respeito ao marido mas sim disseram o que lhes ia na alma e mostraram o seu pobro de vista do que sentiam e achavam.
Sejamos prudentes nas palavras pois elas ferem mais do que as ações principalmente quando quem critica nao vive a experiência nem sequer lá esteve para puder tecer qualquer tipo de acusação.”


View this post on Instagram

Vamos pensar um pouco sobre isto. Toda a gente critica as mulheres desta edição, aponta o dedo e ofende em praça pública e será que têm esse direito? Bem liberdade de expressão todos temos mas, falta de respeito, ofensas e calúnia é bem diferente. Todo o ser humano tem uma perspectiva diferente sob o mesmo assunto e apesar de ser dito da mesma forma pode ser interpretado de maneiras diferentes e isso não quer dizer que um tem razão e o outro não. Pensemos fora da caixa. Mulheres independentes, de personalidade forte, com carácter, que têm bem presente e definido o que querem e não querem nas suas vidas não faz delas pessoas doentes da cabeça ou malucas. Mulheres que se afirmam e não têm medo de ser julgadas pelos outros têm que se calar? Afinal nós mulheres continuamos a ter que viver no silêncio e na submissão da vontade de terceiros? Será que a igualdade do género por tantos apregoado afinal não passa de palavras ditas em vão? Será que todas estas pessoas que tanto julgam têm assim vidas tão maravilhosas e sem problemas que lhes permite serem tão intransigentes nas críticas? Ninguém é melhor que ninguém nesta vida e nesta grupo de mulheres nunca ninguém faltou ao respeito ao marido mas sim disseram o que lhes ia na alma e mostraram o seu pobro de vista do que sentiam e achavam. Sejamos prudentes nas palavras pois elas ferem mais do que as ações principalmente quando quem critica nao vive a experiência nem sequer lá esteve para puder tecer qualquer tipo de acusação.

A post shared by Liliana Oliveira (@lilianaoliveira_oficial) on

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo