RTP

RTP Memória continua em risco de encerrar!

A Comissão de Trabalhadores da RTP emitiu um novo boletim, neste primeiro dia de setembro, com “A boa e a má notícia”.

Com a queda de audiências que se vai tornando crónica e que constitui motivo de preocupação para todas as pessoas que trabalham na RTP, a boa notícia foi, nesta semana, que vários programas da RTP Memória têm despertado atenção e interesse do público. Confirmam-se assim os méritos de uma fórmula que, para além das críticas que se lhe possa fazer em aspectos concretos, tem o potencial de tirar um bom partido de investimentos feitos ao longo dos anos, de apelar para as melhores experiências e para as melhores recordações do público e que vai fazendo tudo isso sem sobrecarregar desmesuradamente o orçamento da RTP“, começa por referir o comunicado.

A má notícia é que os planos subjacentes ao novo Contrato de Concessão apontam precisamente para acabar com a RTP Memória. Dir-se-ia que a relação invulgarmente favorável entre custo e benefício, em vez de constituir um factor de peso para “explorar o sucesso” da RTP Memória, constitui motivo de incómodo para quem prefere esbanjar o dinheiro da RTP em projectos condenados à insignificância e apenas mantidos à tona de água por balões de oxigénio de uma estação pública que encomendas políticas ou interesses económicos obrigam a um despesismo irracional“, acrescentou a Comissão.

Criada em 2004, a RTP Memória pode vir a ser substituída por um canal infantil ou infantil. Esta medida faz parte da proposta de renegociação do Contrato de Concessão do Serviço Público de Rádio e Televisão. Nuno Artur Silva, secretário dos Media, está envolvido em todo o processo. A possibilidade está em cima desde dezembro do ano passado.

Leia Também: Fica a saber quem vai substituir Rui Maria Pêgo na Rádio Comercial

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo