Geral

Suspeito de ter morto Madeleine McCann quebra o silêncio

Christian Brückner, é o suspeito de ter raptado (e morto) Maddie em 2007 na Praia da Luz, no Algarve.

O alemão que já se encontra preso por outros crimes, quebrou o silêncio e afirma que esta investigação é “um escândalo”.

Brückner vem dizer que é inocente e pede que a polícia alemã desista da investigação. Na carta que enviou ao jornal alemão BILD, garante que os procuradores começaram um pré-julgamento antes da abertura do processo.

“Incriminar uma pessoa acusada é uma coisa. Outra coisa completamente diferente – especificamente, um inacreditável escândalo – é quando um promotor público começa uma campanha pública por preconceito antes que um processo seja aberto”.

Há umas semanas o vidente alemão Michael Schneider, veio dizer que a menina está morta e até indicou o local onde foi enterrada.

NA CARTA ENVIADA AO JORNAL, INCLUIU ESTE DESENHO


Infelizmente, Madeleine McCann está morta e enterrada em Portugal, numa floresta situada 10 quilómetros a nordeste de Lagos”, começou por dizer.

Ao “Sunday People”, Schneider diz “Estou feliz porque o BKA parece estar a levar-me a sério. Muitas vezes, tenho a reputação de ser uma aberração ou de tentar extorquir dinheiro às pessoas e isso magoa-me. Eu nunca aceito dinheiro”.

De acordo com a imprensa internacional, Michael Schneider, um ex-repórter de TV já conseguiu localizar restos mortais de várias pessoas desaparecidas. Sabe mais aqui.

Leia Também: Cristiano Ronaldo: “Há que saber sofrer, lutar até ao fim e acreditar sempre com todas as forças”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo