FunGeral

Venezuela “encomenda” 50 milhões de rolos de papel higiénico

roll-pink-toilet-paper-huge-big-funny

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou que o país irá importar 50 milhões de rolos de papel higiénico. A informação surge em resposta a uma suposta “campanha mediática” de excesso de consumo, com o objetivo de criar instabilidade social.

 

[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

 

Nas palavras do ministro do Comércio, Alexander Fleming, “a revolução (governo) vai trazer ao país o equivalente a 50 milhões de rolos de papel higiénico (…) para que o nosso povo se tranquilize e perceba que não deve manipulado pela campanha mediática”, reporta a agência estatal de notícias da Venezuela (AVN).

O mesmo ministro garante ainda que falar em deficiência de produção é completamente errado. A Venezuela tem um consumo mensal estimado em 125 milhões de rolos. O consumo terá excedido as expetativas e apenas por essa razão são necessários rolos extra.

Alexander Fleming não forneceu qualquer informação adicional sobre a origem e a data da chegada da encomenda.

Na Venezuela, não é apenas o papel higiénico que escasseia – 760 mil tonelados de alimentos chegaram esta semana ao país outrora governado por Hugo Chavez.

 [wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

O governo aponta a oposição como a principal culpada nas dificuldades atravessadas pelo povo. Já a oposição crítica políticas como a de controlo de preços (preço máximo de venda afixado), de câmbio e muitas outras impostas pelo governo e que afugentam investidores.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo