Big BrotherBig Brother – Duplo Impacto

Família de Joana Diniz reage “Comportamento de pu**?”

Nas redes sociais, a concorrente tem sido muito insultada por telespectadores do programa, e a família decidiu fazer um longo texto a reagir aquilo que consideram ser "preconceito".


Joana Diniz, e a sua aproximação a Hélder após Anuska abandonar a casa, tem sido um dos temas quentes deste ‘Big Brother – Duplo Impacto’

Nas redes sociais, a concorrente tem sido muito insultada por telespectadores do programa, e a família decidiu fazer um longo texto a reagir aquilo que consideram ser “preconceito”.

Obviamente que as redes sociais da Joaninha neste momento estão a ser geridas por outra pessoa que não a própria. E como já devem ter reparado, tem-se optado pelo silêncio e por deixar falar quem é pago para tal”, começaram por dizer.

Mais do que sobre um reality show, é sobre como é fácil, através desta “experiência social” tirarmos conclusões sobre a sociedade infelizmente muito aquém do século em que vivemos!” acrescentaram.


“Vejo movimentos (e bem) em resposta a discursos políticos estúpidos e carregados de preconceitos graves! Vejo mulheres (e Homens) pintarem os lábios de vermelho e unirem-se para que nada nem ninguém nos coloque conotações, rótulos ou nos diga que pela cor de cabelo, da pele, lábios, comprimento da saia ou forma de estar na vida, que alguém nos possa colocar em causa ou apontar o dedo! E BEM, muito bem! Mas sabem, de nada vale, aliás pior é, quando depois de se unirem a um movimento que luta por esse respeito, serem os mesmos, a verem uma vizinha, uma colega de trabalho, ou uma figura que aparece na tv ou rede social, falarem e comentarem “já viste aquele comportamento de pu**?”, referiram.

O preconceito está muitas vezes de mulher para mulher, e isso ainda é mais triste. O preconceito está no tratamento diário, escondido, atrás de um ecrã… Sempre por campeões escondidos… Não vistam a camisola de pessoas contra o preconceito quando avaliam quem muitas vezes nem conhecem”, justificaram.

“Uma mulher depois de ser mãe, pode ser uma mulher capaz de ir em busca dos seus objetivos e de viver a vida, se para isso se alicerça da sua família para dar suporte aos filhos. Quando uma mulher faz isto aplaudam, ofereçam ajuda ou pelo menos respeitem em silêncio. A joaninha já sabia que era assim, e não se incomoda com opiniões, vai continuar a brincar, a participar e a ir ganhar dinheiro para os seus sonhos e da filha. A forma? A que ela quiser”, concluíram.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo