BB2020

Pedro Soá recorda Big Brother 2020: “Foi um programa natural com um guião natural”

Pedro Soá recebeu “centenas de mensagens a valorizar o trabalho que foi feito” no Big Brother 2020 e deixou o seu “testemunho e experiência” nas redes sociais.

O ‘tubarão’ dos reality shows começou por escrever: “Um reality é um show e entretenimento. Tudo que se passa dentro de um reality show: a dinâmica, a preparação, postura, linguagem, ideias etc.. são produzidos com um propósito de animar, agitar, inflamar e produzir reações. Óbvio que também serve muitas vezes para “educar” e espelhar a imagem da sociedade. Mas o seu principal propósito é nada mais que puro entretenimento“.

Em todos os projetos de cinema e televisão existe uma equipa. A produção, realização, staff, etc. Nós, concorrentes, fazemos parte de um todo, uma estrutura. Sendo a face do mesmo, temos a responsabilidade de transmitir aquilo que nos é ‘requisitado’ mediante as características de cada um. Na fase de seleção entre milhares de inscrições, a seleção é feita de acordo com o que a produção e o canal desejam. Ou seja: ação, diversão, romance, emoção etc… estes são os ingredientes para se produzir conteúdo suficiente para alimentar um show diário de 90 dias contínuo“, explicou.

As ‘Personagens’ que cada um recria dentro deste tipo de show são da autoria de cada um. Cada concorrente tem a liberdade de seguir a sua própria criatividade ou não. Existem concorrentes que já possuem características inatas para este tipo projeto“, argumentou Pedro Soá.

O BB2020 foi um êxito sem paralelo porque: 20 anos sem um BB; escolha e seleção dos concorrentes feita com critério e baseado no que podiam acrescentar, com faixas etárias até aí nunca vistas num BB inicial; uma pandemia em fase inicial com 90% da população em fase de contenção; a criação de 2 grupos – Kamikaze e Sensatos -, as personalidades que se encaixavam como pecas de um puzzle e acima de tudo o total desconhecimento do que se passava no exterior. As Pipocas, os Crispins, os extras, os twitters etc etc… Foi um programa natural com um guião natural com concorrentes naturais e focados em participar no show como um todo“, acrescentou.

O Sucesso só pode existir se todos contribuírem para que ele exista. O sucesso passado deu-nos razão e o presente confirma. Afinal não podem existir heróis sem bons vilões“, rematou.

Leia Também: Cláudio Ramos: “Eu tenho a certeza que sou um anjo, nasci para melhorar a vida das pessoas”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo