Cristiano RonaldoGossip

Adepto a quem Cristiano Ronaldo destruiu o telemóvel tem 14 anos e é autista: “Ficou em choque”

A mãe do adepto falou com um jornal britânico e explicou o que se passou.

Cristiano Ronaldo está a dar que falar após uma atitude que teve no final de um jogo.

Este sábado, 9 de abril, o craque português mostrou-se irritado com a derrota do seu clube Manchester United contra o Everton (0-1).

À saída do relvado, Ronaldo foi filmado a atirar um telemóvel de um adepto ao chão, visivelmente furioso.

O referido fã já apresentou queixa e o caso já está a ser investigado pelo Manchester United.

Entretanto, Cristiano Ronaldo pronunciou-se sobre a polémica nas suas redes sociais: “Nunca é fácil lidar com emoções em momentos tão difíceis como os que estamos a passar. Ainda assim, temos sempre de ser respeitosos, pacientes e dar o exemplo para os mais jovens que amam o jogo bonito“.

Quero pedir desculpa pela minha reação e, se possível, gostaria de convidar o adepto para ver um jogo em Old Trafford como sinal de fair-play e desportivismo“, acrescentou.

Sarah Kelly, mãe do referido adepto, falou com o jornal britânico Liverpool Echo sobre o episódio. Ela contou que o filho, Jake Harding, tem 14 anos e sofre de autismo e dispraxia. “Dá para ver, pela nódoa negra, que houve contacto. Não acredito que estamos a falar sobre isto“, disse.

Quando o jogo acabou, os jogadores do Manchester United começaram a sair. Estávamos na [bancada] Park End, por isso, estávamos mesmo ao lado do túnel quando eles passaram. O meu filho estava a filmá-los a todos“, explicou.

Ronaldo tinha descido as meias e tinha a perna a sangrar. Ele baixou o telemóvel para ver o que era, nem sequer falou. Ronaldo passou, com um péssimo, péssimo feito, arrancou o telemóvel das mãos do meu filho e continua a andar“, acrescentou.

Eu estava a chorar. Ainda estou abalada. O Jacob estava em choque total. Ele é autista e também tem dispraxia, por isso, não digeriu bem o que estava a acontecer até voltar a casa. Ele está muito incomodado e desmotivou-o por completo de voltar a ver um jogo“, confessou.

Cristiano Ronaldo é um ídolo do jovem: “Ele é um rapaz autista e foi agredido por um jogador de futebol. É assim que vejo as coisas, enquanto mãe“.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo