FamososGossip

Alexa Devni Rebelo do ‘Ídolos’ fala sobre as agressões que sofreu: “Fiquei inconsciente”

A jovem transexual precisou de assistência hospitalar.

Alexa Devni Rebelo contou nas suas redes sociais que foi “agredida por homofobia num local público”.

A jovem transexual ficou conhecida quando participou no programa “Ídolos” (na altura chamava-se Daniel Rebelo) e foi gozada pelo tamanho das suas orelhas, tendo processado a SIC.

Eu não sei como falar sobre este assunto neste momento, mas agora encontro-me no hospital por ter sido agredida por homofobia num local público”, escreveu.

Cada vez mais acho que as pessoas não têm nada na cabeça. Somos todos diferentes e merecemos respeito. Isto não acontece só comigo, mas sim com outras pessoas LGBT. Isso tem de ser parado. Nós merecemos também viver”, acrescentou.

Em declarações ao Correio da Manhã, Alexa explicou o que se passou: “Um rapaz perguntou-me se eu o achava bonito. Eu respondi que não, que não fazia o meu género. Foi aí que ele começou a ofender-me, a dizer que eu era feia, que era um homem… até me mandou contra a máquina de tabaco e deu-me um murro na cara“.

Eu não fugi do café porque temi pela minha própria vida. Ao menos no café estava mais segura. Mas ele voltou e deu-me murros e socos. Até caí e bati com a cabeça no chão. Fiquei inconsciente por alguns momentos. Depois levantei-me, fugi entre as mesas e escondi-me atrás do balcão“, acrescentou.

Fui agredida por puro preconceito, por homofobia. Enquanto aguardávamos pela polícia, ele continuava a ofender-me, a dizer que eu não merecia viver“, rematou.

Leia Também: Emocionada, Inês Herédia anuncia: “O fim de uma era”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo