BrasilGossip

Ana Catharina reage a caso polémico no Brasil: “O corpo não pode ser propriedade do Estado, Igreja, marido, de ninguém”

A ex-concorrente do Big Brother 2020 mostrou a sua indignação no Instagram.

Ana Catharina, ex-concorrente do Big Brother 2020, ficou indignada com um caso que se passou no Brasil.

Ana Catharina deixou um desabafo no Instagram: “Menina de 11 anos grávida, vítima de estupro [violação], é impedida de fazer aborto pela justiça. É, muitas vezes o Brasil me dececiona. É isso mesmo que você leu. Se você procurar no Google as notícias sobre o caso, é ainda mais assustador”.

No Brasil, o aborto é legal em três situações: gravidez decorrente de estupro, risco à vida da gestante ou anencefalia do feto. Bom, pra começar, a lei absurdamente já não está sendo cumprida e ainda por cima estamos falando de uma criança! E em segundo lugar, porque o Estado ainda controla o corpo da mulher? O aborto não pode ser ilegal, o que a mulher faz com o corpo dela só a ela diz respeito”, acrescentou.

O corpo não pode ser propriedade do Estado, da Igreja, do marido, de ninguém. Ninguém pode mandar no corpo de uma mulher. Ninguém pode mandar no corpo de ninguém. O aborto ilegal mata porque impõe condições desumanas para mulheres poderem ter o direito de ESCOLHA. Mas claro, mata mais as pobres, porque quem tem grana sai do país pra fazer isso. O Estado deveria prover segurança em todos os aspectos para todo ser humano. Até quando a mulher será objeto do Estado?“, rematou.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo