Big BrotherBig Brother - A Revolução

Big Brother – A Revolução: O que vai mudar no novo reality show da TVI

O Big Brother – A Revolução vai ter uma dinâmica completamente diferente...

O Big Brother – A Revolução será um formato diferente do último Big Brother e começou logo com o apresentador: Teresa Guilherme.


O que sabemos é que vamos ter 18 participantes e duas delas vão ser mãe e filha (vê aqui). A TV Mais adianta que não vamos ter concorrentes estrangeiros.

«É tudo gente normal, por assim dizer. Muito em linha com o que aconteceu em ‘Big Brother 2020’. Fogem muito à ideia do que tínhamos de outros programas. Foram escolhidos a dedo», disse uma fonte à publicação.

Eles estiveram em quarentena em casa, e já se encontram nos respetivos hotéis.


As nomeações voltam à terça-feira, «A ideia é dar uma mecânica diferente à gala e poder puxar mais pelos concorrentes, como a Teresa tanto gosta».

Já se sabe que os concorrentes não vão viver todos na mansão, «Alguns deles vão estar num anexo da casa da Ericeira. Entre os 18, um grupo vai para esse anexo e terá vários desafios e provas. O objetivo é infernizarem a vida dos outros candidatos e trazerem uma mecânica diferente ao program».

O que acontece é que eles podem nunca vir a juntar-se todos no mesmo espaço, «E poderão ou não juntar-se todos. Há alguns que certamente ficarão pelo caminho».


Concorrentes Big Brother – A Revolução: Vão entrar mãe e filha, vê aqui as FOTOS!! – EXCLUSIVO

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo