Hell’s KitchenSIC

Cândida Batista do ‘Hell’s Kitchen’ processa Ljubomir Stanisic e produção, pede indemnização milionária

A ex-concorrente alega ter sofrido um ataque à sua dignidade.

Cândida Batista, que participou na 1ª edição do “Hell’s Kitchen”, moveu uma ação contra Ljubomir Stanisic e a produtora Shine Iberia Portugal.

A ex-concorrente do programa alega ter sofrido um ataque à sua dignidade e exige 40 mil euros de indemnização ao chef jusgoslavo e à produtora.

Uma fonte próxima revelou à revista TV Mais que ela ficou “profundamente incomodada como a sua imagem foi apresentada nos vários episódios em que participou, e que a imagem que passou cá para fora em nada tem a ver com a sua e que isso lhe trouxe consequências negativas a nível profissional”.

A mesma fonte afirmou que foram feitas várias insinuações de cariz sexual, algumas feitas pelo próprio Ljubomir: “Houve alguns comentários menos próprios do chef, nomeadamente quando ele lhe pergunta a sua opinião sobre os concorrentes do sexo masculino. A ela, que é mulher e mãe!“.

Aliás, após ter sido eliminada do programa, Cândida Batista mostrou-se indignada: “Nenhum do feedback que recebi durante a minha permanência no programa foi relacionado com as minhas habilidades como cozinheira mas, sim, sobre o meu corpo, por isso já não queria mais estar ali“.

Nunca ouvi nada parecido na vida real, dentro das cozinhas exigentes pelas quais passei, mesmo sendo um ambiente muito machista. Jamais esperava por ataques pessoais num nível de misoginia tão absurdo no mundo da televisão“, acrescentou.

Leia Também: Ljubomir Stanisic confirma novo projeto na SIC

Autor

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo