Cristina FerreiraGeralGossipSIC

Contrato de Cristina Ferreira com a SIC terminava hoje!

A apresentadora bateu com a porta da SIC em 2020.

Cristina Ferreira bateu com a porta da SIC em julho de 2020 para regressar à TVI como acionista e diretora de entretenimento e ficção.

A apresentadora foi processada pela estação de Pinto Balsemão pela rescisão unilateral do contrato, que vigorava até hoje, quarta-feira, 30 de novembro de 2022. O caso começa a ser julgado no próximo ano.

A SIC pede mais de 20 milhões de euros a título indemnizatório, mas Cristina Ferreira só quer pagar 2,3 milhões de euros, valor referente aos 29 meses do contrato que não foram cumpridos.

O site FLASH revelou recentemente que a apresentadora preparou-se nos últimos dois anos para o embate com os antigos patrões e foram várias as reuniões com advogados especialistas em Direito de Trabalho.

Cristina Ferreira quando foi para a SIC iria ser também consultora executiva da direção geral de entretenimento, que lhe valia 7 mil euros por mês, mas nunca exerceu porque Daniel Oliveira não deixou.

Para além disso, Cristina Ferreira diz que foi alvo de preconceito por parte dos responsáveis do canal e estes tinham uma ideia pré-concebida sobre ela, que grita nos programas e não lhe deram grande crédito.

Para além, a comunicadora alega que foi vítima de atitudes machistas e foi menosprezada por ser mulher.

Leia Também: Cristina Ferreira fora do novo programa da TVI e é substituída por outra apresentadora

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo