Cristina Ferreira

Cristina Ferreira deixa mensagem sobre resultados do programa “Raramente falo de audiências”

Este sábado, dia 29 de fevereiro, Cristina Ferreira recorreu às redes sociais, para falar sobre audiências. A rainha da Malveira, mostrou-se radiante pelos resultados que tem conseguido com o seu programa da manhã.

[highlight]OFERTA: Cartão Revolut GRÁTIS. Pede o teu aqui[/highlight]


Raramente falo de audiências. O que me norteia profissionalmente é a qualidade, a diferença e a forma como entendo o fazer televisão. Tenho tido a sorte do público me dar a mão. Durante anos, ou melhor, desde sempre, os programas da manhã foram encarados como o parente pobre dos conteúdos televisivos”, começou por dizer a estrela da SIC.

“Eu, que nunca desejei ‘prime time’, para mim não há públicos melhores nem mais importantes, há públicos, sinto uma vaidade que não quero castigar ao saber que ‘O Programa da Cristina’ foi o programa com o share mais alto do dia, em toda a linha. O programa que começou com uma exposição de arte. Tudo aquilo que não funciona num programa da manhã. Arte não é para ‘donas de casa’”, prosseguiu.

“A casa que já foi palco de ópera, música clássica, teve orquestra a tocar, música popular, políticos e música pimba. Estrangeiros e portugueses. Os que escolhem diariamente o que ver. De manhã ou à noite. Quando andam para trás na box. Um programa da manhã. Deixem-me dizer outra vez. Um programa da manhã. Até segunda”, rematou.


View this post on Instagram

Raramente falo de audiências. O que me norteia profissionalmente é a qualidade, a diferença e a forma como entendo o fazer televisão. Tenho tido a sorte do público me dar a mão. Durante anos, ou melhor, desde sempre, os programas da manhã foram encarados como o parente pobre dos conteúdos televisivos. Eu, que nunca desejei "prime time", para mim não há públicos melhores nem mais importantes, há públicos, sinto uma vaidade que não quero castigar ao saber que o @oprogramadacristinasic foi o programa com o Share mais alto do dia, em toda a linha. O programa que começou com uma exposição de arte. Tudo aquilo que não funciona num programa da manhã. Arte não é para "donas de casa". A casa que já foi palco de ópera, música clássica, teve orquestra a tocar, música popular, políticos e música pimba. Estrangeiros e portugueses. Os que escolhem diariamente o que ver. De manhã ou à noite. Quando andam para trás na box. Um programa da manhã. Deixem me dizer outra vez. Um programa da manhã. . Até segunda. Às 10h . ♥️

A post shared by Cristina Ferreira (@dailycristina) on

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo