FamososGeralGossipTVI

Diretor da CMTV confessa: “Não estranharei se Manuela Moura Guedes voltar ao ativo na TVI”

A jornalista esteve na semana passada no programa "Dois às 10" e surgiram rumores de um possível regresso à TVI.

Manuela Moura Guedes esteve na semana passada no programa “Dois às 10” e surgiram rumores de um possível regresso à TVI.

Na sua crónica na revista TV Guia, Carlos Rodrigues recordou: “primeira vez que trabalhei com Manuela Moura Guedes foi em 1992. Nessa altura ela tinha acabado de passar à apresentação do ‘Telejornal’. A forma como coordenava a equipa era uma prova diária de que tinha o contrapoder no sangue. À época, a grande crise governamental resultava da introdução de propinas nas universidades. Ao escolher um jovem como eu para cobrir o caso, garantiu irreverência no jornal da RTP, mostrou uma coragem rara, e ajudou-me de uma forma que justifica a minha gratidão”.

Leia Também: Manuela Moura Guedes arrasa telejornais: “O que é isto?”

“Depois, os nossos caminhos separaram-se, mas ela acabou novamente ao meu lado, quando eu coordenava o jornal da TVI e ela se juntou à equipa, a preparar o lançamento do seu noticiário. Passava o dia a dar conselhos aos jornalistas da casa, e continuava crítica em relação a todos os poderes – mesmo os internos. Formar jovens, respirar jornalismo: eis os traços essenciais da sua personalidade profissional”, prosseguiu o atual diretor da CMTV.

Já não acompanhei o sucesso do ‘Jornal Nacional’ – pelo contrário, transformei-me no seu principal concorrente, porque entretanto tinha passado a coordenador do ‘Jornal da Noite’, da SIC. Aí conheci-lhe nova faceta – a adversária impiedosa, que tudo fazia para ganhar. Nunca tive uma adversária televisiva tão difícil de defrontar“, afirmou. “Foi um alívio para nós, na SIC, quando ela foi afastada“, confessou.

E foi na SIC que vim a receber, das mãos de Luís Marques, a missão de lhe montar, e coordenar, um programa de informação, que batizámos de ‘Rede Social’. O programa nunca saiu do papel, mas voltei a ver que nessa altura – 2011, 2012 – ela continuava uma força indomável“, acrescentou. “Não estranharei se voltar ao ativo na TVI. Está-lhe no sangue“, rematou.

Leia Também: Manuela Moura Guedes sem trabalho: “Ninguém me quer, ninguém me faz convites em lado nenhum”

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo