Cristiano RonaldoFamososGeralGossip

Discussão com Cristiano Ronaldo? Fernando Santos quebra o silêncio!

"Nunca em momento algum me disse a mim ou a quem está lá dentro que queria sair da seleção nacional"

Cristiano Ronaldo e Fernando Santos têm dado que falar durante a participação de Portugal no Campeonato Mundial de Futebol.

Cristiano Ronaldo perdeu a titularidade na Seleção Nacional pela primeira vez numa fase final do Campeonato do Mundo. Fernando Santos garantiu que isto não foi resultado às bocas no jogo contra a Coreia do Sul, mas sim “uma opção estratégica”.

É que CR7 foi apanhado a dizer: “Estás com uma pressa do c… para me tirar, fod***“. O selecionador reagiu: “Não gostei mesmo nada… Estes assuntos resolvem-se dentro de casa“.

O jornal Record avançou esta quinta-feira (8) que Cristiano Ronaldo teve uma discussão com Fernando Santos antes do jogo Portugal-Suíça (6-1) porque não gostou de saber que iria sentar-se no banco de suplentes e chegou a ameaçar abandonar a equipa, mas depois arrependeu-se…

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Futebol esclareceu que “em momento algum o capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, ameaçou deixar a equipa nacional durante o estágio no Catar“.

Entretanto, Cristiano Ronaldo deixou uma mensagem nas redes sociais: “Um grupo demasiado unido para ser quebrado por forças externas. Uma nação demasiado corajosa para se deixar atemorizar perante qualquer adversário. Uma equipa no verdadeiro sentido da palavra, que vai lutar pelo sonho até ao fim! Acreditem connosco! Força, Portugal!🇵🇹🙏🏽“.

A reação de Fernando Santos

Numa conferência de imprensa, realizada esta sexta-feira (9), na véspera do jogo de Portugal contra Marrocos, Fernando Santos confirmou que teve uma conversa com Cristiano Ronaldo: “Essa conversa tinha que acontecer, o que era mais do que normal, mais de justiça elementar da minha parte. Não faço isso a todos, é verdade, mas o capitão de equipa, alguém que é quem é em termos de projeção, o que já fez pela seleção, o seu profissionalismo, o que ele representa para os portugueses, para a equipa, aqui no Qatar e sempre em todo o lado, naturalmente que eu tinha que ter essa conversa com ele“.

No dia do jogo depois de almoço, não tive nenhuma conversa com o Ronaldo antes disso, nem na segunda, nem no domingo… A única conversa que tive com o Ronaldo, a explicar-lhe as razões porque ele não ia jogar, foi no dia do jogo a seguir ao almoço, em que reuni com ele para ele não chegar ao quadro e não estar o nome dele“, explicou.

No meu gabinete eu disse-lhe: ‘Não estou a contar contigo em termos de princípio, vais ser importante para o jogo’, eu achava que o jogo ia ser complicado, e expliquei tudo… O Cristiano naturalmente, se me perguntas se ficou muito satisfeito, não. É óbvio, alguém que sempre jogou a titular… Portanto é normal que não tenha ficado muito satisfeito… O contrário seria difícil que ele disse-se assim, ok, porreiro… Mas uma conversa normal, tranquila, ele não aceitou os meus pontos de vista…“, contou.

Nunca em momento algum me disse a mim ou a quem está lá dentro que queria sair da seleção nacional“, garantiu o selecionador nacional.

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo