Gossip

Fernando Rocha recorda liberdade de humor em 2001 e atira boca

“Agora é só virgens ofendidas e politicamente corretos, mas com 22 anos já não vou mudar“.

Fernando Rocha já tem atirado algumas bicadas aos críticos e ontem deixou mais um recadinho.

Fernando Rocha encontrou um flyer com 20 anos em casa da mãe e decidiu falar um pouco de como as coisas eram antigamente.

“Encontrei esta relíquia na casa da minha mãe. 2001. Para quem não acredita, está aqui a prova de que eu já fui magrinho e não havia Photoshop“, começa por dizer.

Saudades do tempo em que podia contar piadas de qualquer coisa sem haver ofendidos. Apenas se riam e se divertiam. Eu cheguei a ver pessoas a escorregar pela cadeira abaixo e deitar-se no chão a rir e a limpar as lágrimas de tanto rir“.


Até recordou uma situação caricata, “Uma vez, uma senhora mijou-se de rir. Só descobrimos porque o espetáculo acabou e ela não se ia embora, foi a última a sair, porque não queria que se visse as calças molhadas. Que maravilha! Éramos felizes de qualquer maneira“.

Depois deixou uma dica, “Agora é só virgens ofendidas e politicamente corretos, mas com 22 anos já não vou mudar“.

Leia Também: Cristina Ferreira leva boca de concorrente do “All Together Now”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo