Geral

Jorge Gabriel desabafa «Nem cinco minutos, nunca lhe poderei chamar cerimónia…»

Jorge Gabriel perdeu o seu no passado dia 19 de janeiro, mas só agora se realizou o funeral. O apresentado da RTP assinalou o momento.


“Cinco dias após partir consegui cruzar-me pela última vez com o corpo do Sr. Albano.
Nunca lhe poderei chamar cerimónia”, começou por dizer.

“Cinco minutos talvez. Entre chegar o carro funerário, retirar as flores, e seguir para o crematório tudo se desenrola num ápice. Normas Covid… De entre as imensas e intensas mensagens que recebi, e que em breve agradecerei, permitam-me que destaque a que me enviou a dra. Ana Quintais, psicóloga no Lar de Santo António: “Sempre atrasado para o almoço e com ânsias de vitória! Sempre cordial e cavalheiro, conhecedor e perspicaz, o senhor Albano ficará para sempre nos nossos corações.” Este era o meu pai. Amo-te.”


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo