Gossip

Sara Prata recorda período duro: “Eu não queria viver as coisas daquela forma e perdi o controlo”

Sara Prata foi a convidada do programa “Conta-me” deste sábado, 6 de novembro, na TVI.

Durante a conversa com Maria Cerqueira Gomes, a atriz falou sobre o momento mais complicado da sua vida, que remonta ao ano de 2015, quando acumulou o programa “Dança com as Estrelas” com a novela “A Única Mulher”.

Um desafio muito exigente. Muitas horas de ensaios e eu estava, ao mesmo tempo, a gravar A Única Mulher (o projeto mais desafiante). Saía do estúdio às 19h00/19h30 (…) e depois treinava até à meia-noite [para o Dança com as Estrelas]. Ia para casa, estudava os textos para o dia seguinte e, às 06h30, estava acordada para ir gravar. Foi assim durante uns bons meses“, recordou.

Foi, de facto, um período duro. Eu não fiz nada que outras pessoas não possam fazer. Eu não me sinto, nunca, um super-herói e que faço mais do que a maior parte das pessoas. Eu sou um ser normal e precisamente por ser um ser normal e comum, que qualquer pessoa poderia fazer o que eu faço, também tenho outro lado, sensível. Muitas vezes, a carga que te põem aos ombros é demasiado pesada e, por vezes, claro que choras e que vais abaixo. E esse foi, sem dúvida, um momento duro“, acrescentou.

Durante esse fase de Dança com as Estrelas, foi a primeira vez em que eu me senti invadida. Eu não queria falar sobre aquilo, eu não queria viver as coisas daquela forma e perdi o controlo“, admitiu. O período difícil foi ultrapassado com Reiki.

Fiz terapia psiquiátrica e outras terapias. Sempre fui muito ligada à Natureza. (…) Precisei de aprender a limpar esse ruído para conseguir ouvir-me e cuidar de mim. O Reiki tem essa magia. A energia da cura. Fez muita diferença“, explicou.

Leia Também: Jessica Athayde criticada: “Não é bonito cuspir no prato em que se comeu tanto tempo”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo