Big BrotherBig Brother - A Revolução

Toda a verdade sobre a polémica expulsão de André Filipe. Detalhes EXCLUSIVOS!

André Filipe, foi o caso mais grave que passou nesta edição do ‘Big Brother – A Revolução’.


O concorrente expulso do reality show da TVI, mandou mobiliário e um extintor para a pisci­na, arrancou interruptores, escreveu nas paredes do jardim, entre outros compor­tamentos.

Diana, falou sobre o assunto em declarações à revista TV7 Dias, e começou por dizer que como era “uma pessoa que o André tentava respei­tar, sugeri um dois em um, que era ele passar a noite no bunker comigo, até porque os colegas cá fora tam­bém estava bastante agitados com o comportamento dele, e seria a ma­neira de estarmos mais isolados e ele ter tempo para descansar em condições e melhorar um bocadinho. Eu sugeri porque achei que lhe iria fazer bem, e a produção disse que sim, que era uma boa ideia, e acabámos por passar a noite no bunker“.

“Ele já não dormia há imenso tempo. Se calhar, em dois dias, ele deve ter dor­mido duas ou três horas, se tanto. Que­ria muito que ele adormecesse e fui com a intenção de ver se ele passava uma noite de sono, e poderia ser que ele acordasse melhor no dia seguinte. Quando fomos para lá, ainda pensei que ele adormecesse, mas depois ele acordou novamente e realmente não estava bem, continuava a estar muito agitado por causa do jogo, até ao pon­to em que lhe disse para irmos dormir para o sofá. Acabou por adormecer e até estava a ressonar bastante“, acrescentou.

Hélia Monteiro, mãe do concorrente não poupa nas críticas à produção do programa. “Agora, quero ver como se vão desenvencilhar desta situação. Até porque a primeira parte é o tratamento do André em relação a esta situação que está a acontecer, depois é cair na realidade de que es­tá fora do jogo, porque ele pensa que está em jogo. Neste momento, ele está proibido de ter acesso às redes sociais pela psicóloga, tanto que eu deixei o telemóvel dele na vizinha e vou dizer que a produção ainda não entregou”, começou por revelar à TV7 Dias.


“A terceira fase é a imagem dele cá fora. Ele entrou com um objetivo de ser um protagonista no bom sentido, mas foi no mau sentido. Agora, dizem que o André vai-se defender, mas porque é que ele tem de se defender? Se eles viram que as coisas já estavam fora de controlo, não podiam ter feito logo alguma coisa? Até porque eu liguei um dia antes para o ir buscar e eles disseram que estava tudo bem com o André, e não estava, e isso para mim é grave“, acrescentou.

“Se mos­tram imagens do André, porque é que não mostram imagens dos outros? Não entendo porque é que o fizeram. Não acho aceitável“, concluiu.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo