FamososGossip

Viúva de Armando Gama revela motivo da violência doméstica

Armando Gama morreu aos 67 anos em janeiro de 2022.

Bárbara, a viúva de Armando Gama, esteve à conversa com Manuel Luís Goucha, na tarde desta segunda-feira, 3 de outubro.

Pela primeira vez, Bárbara falou de toda a polémica sobre a violência doméstica de que Armando Gama foi acusado. Tudo tem um motivo e hoje foi repor a verdade.

Começou por dizer, “O armando como companheiro era incrível”, mas passaram momentos complicados que levou a uma queixa na polícia que resultou com uma ordem de afastamento do tribunal.

Prendeu-me no sofá e deu-me um murro na cabeça” recordou a Viúva. Garante que terá sido o comportamento mais violento. “Era mais atitudes de prepotência do que propriamente de violência física”, confessou.

Quando descobri que as atitudes do Armando derivavam de uma doença foi um alívio… e foram apenas uma situação pontual de alguns meses“, revelou.

“Não quero que resumam o Armando a três meses. É injusto julgarem a vida dele por uma situação que foi pontual e ainda por cima motivada por uma doença”, atirou.

Leia Também: Ex-mulher de Armando Gama revela: “Os últimos dias foram terríveis… as dores eram muitas”

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo