Gossip

Noémia Costa furiosa: “Querem aniquilar a Cultura, não vão conseguir”

Noémia Costa juntou-se à revolta dos artistas pela Cultura representar apenas 0,25% do Orçamento de Estado 2021.

A atriz – que já esteve desempregada vários anos e regressou à ribalta pela mão da SIC – mostrou-se indignada nas redes sociais: “Valemos zero vírgula vinte cinco. Vergonha. Querem aniquilar a Cultura, não vão conseguir“.

Noémia citou palavras de David Ackert: “Os artistas são as pessoas mais motivadas e corajosas sobre a face da terra. Lidam com mais rejeição num ano do que a maioria das pessoas encara durante toda uma vida. Todos os dias, artistas enfrentam o desafio financeiro de viver um estilo de vida independente (freelance), o desrespeito de pessoas que acham que eles deviam ter um emprego a sério e o seu próprio medo de nunca mais ter trabalho“.

Todos os dias, têm de ignorar a possibilidade de que a visão à qual têm dedicado as suas vidas seja apenas um sonho. Com cada obra ou papel, empurram os seus limites, emocionais e físicos, arriscando a crítica e o julgamento, muitos deles a ver outras pessoas da sua idade a alcançar os marcos previsíveis da vida normal – o carro, a família, a casa, o pé-de-meia“, acrescentou.

Por quê? Porque os artistas estão dispostos a dar a sua vida inteira por um momento – para que aquele verso, aquele riso, aquele gesto, agite a alma do público. Artistas são seres que provaram o néctar da vida naquele momento de cristal quando derramaram o seu espírito criativo e tocaram no coração do outro. Nesse instante, eles estão mais próximos da magia, de Deus e da perfeição do que qualquer um poderia estar. E nos seus corações, sabem que dedicar-se a esse momento vale mil vidas“, rematou.

Leia Também: Marta Rangel pede trabalho: “Estou disponível por conta própria ou por conta de outrem”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo